Ghost

My Button Collection

daniellereis:

(…) Ele, um amigo qualquer, já havia me interessado algumas vezes, mas tentar algo era pura perda de tempo. Mas ele me tratava tão bem, dizia coisas tão lindas, me fazia sorrir todas as vezes, mesmo quando dizia coisas idiotas. Eu comecei a notá-lo, a sentir falta das conversas, comecei a querer a presença dele. (…) Percebi que era tão agradável, e que naquele dia eu o queria pra mim, pra estar do meu lado, pra simplesmente sentir o calor do corpo dele.Os meus olhos estavam sorrindo, meu coração estava sorrindo. (…) Tanto descansei meu coração que pude encontrar um caminho para o sentimento mais sublime da face Terra, para aqueles que dizem ser doloroso demais, então digo que devo sinto prazer na dor. Porque no fim todos nós percebemos que não há sentimento tão puro quanto o amor. Por si mesmo, por outro alguém, ou simplesmente por todos. Não há quem não ame, não se pode viver sem o amor.
Gleice Fernandes

daniellereis:

(…) Ele, um amigo qualquer, já havia me interessado algumas vezes, mas tentar algo era pura perda de tempo. Mas ele me tratava tão bem, dizia coisas tão lindas, me fazia sorrir todas as vezes, mesmo quando dizia coisas idiotas. Eu comecei a notá-lo, a sentir falta das conversas, comecei a querer a presença dele. (…) Percebi que era tão agradável, e que naquele dia eu o queria pra mim, pra estar do meu lado, pra simplesmente sentir o calor do corpo dele.Os meus olhos estavam sorrindo, meu coração estava sorrindo. (…) Tanto descansei meu coração que pude encontrar um caminho para o sentimento mais sublime da face Terra, para aqueles que dizem ser doloroso demais, então digo que devo sinto prazer na dor. Porque no fim todos nós percebemos que não há sentimento tão puro quanto o amor. Por si mesmo, por outro alguém, ou simplesmente por todos. Não há quem não ame, não se pode viver sem o amor.

Gleice Fernandes

daniellereis:

“Existem momentos na vida em que você sentirá vontade de sorrir, de gritar, de ficar com raiva, com ciúmes, com medo… Momentos em que você vai querer morrer, se isolar, bater em todos, se distanciar. Existem aqueles momentos infantis, de egoísmo, de prepotência, de angustia, de solidão. Momentos em que você se pergunta se todos se esqueceram de você, se você realmente está sozinha, se não pode contar com ninguém. Há momentos em que só você se entende, e que ficar sozinha, triste, angustiada, vai fazer com que você cresça, amadureça e entenda que existem males que vêm para o nosso bem, só para o nosso bem, e não para a nossa total destruição.”
Gleice Fernandes

daniellereis:

“Existem momentos na vida em que você sentirá vontade de sorrir, de gritar, de ficar com raiva, com ciúmes, com medo… Momentos em que você vai querer morrer, se isolar, bater em todos, se distanciar. Existem aqueles momentos infantis, de egoísmo, de prepotência, de angustia, de solidão. Momentos em que você se pergunta se todos se esqueceram de você, se você realmente está sozinha, se não pode contar com ninguém. Há momentos em que só você se entende, e que ficar sozinha, triste, angustiada, vai fazer com que você cresça, amadureça e entenda que existem males que vêm para o nosso bem, só para o nosso bem, e não para a nossa total destruição.”

Gleice Fernandes
daniellereis:

Eu nunca sei se preciso de algo em você, ou se na verdade preciso de você por inteiro.
Gleice Fernandes

daniellereis:

Eu nunca sei se preciso de algo em você, ou se na verdade preciso de você por inteiro.

Gleice Fernandes

"Andamos feitos tontos, sem rumo, sem destino, procurando algo bom o bastante pra nos saciar. Alguém que olhe nos nossos olhos, e consiga nos enxergar por inteiro, sem que seja preciso dizer uma palavra sequer. Alguém que nos pegue pela mão, um toque tão simples, passando uma segurança tão firme, tão inabalável. Não alguém que nos complete, mas alguém que nos mostre que esse alguém estando ali ou não, seremos completos para sempre. É isso que procuramos."

- Gleice Fernandes

Button Theme